quinta-feira, maio 30

Você sabe quanto custa fechar uma empresa Simples Nacional? Se você quer entender um pouco melhor sobre esse assunto, basta continuar a sua leitura nos parágrafos seguintes.

Quando fechar uma empresa do Simples Nacional?

Antes de falarmos sobre quanto custa fechar uma empresa Simples Nacional, é interessante que você entenda quando fazer isso.

Se você é um empreendedor que optou pelo Simples Nacional, é necessário saber quando é o momento de fechar sua empresa.

Existem diversas situações em que a melhor opção é encerrar as atividades, como por exemplo:

  • Quando a empresa não está mais gerando lucro e você não tem condições de mantê-la;
  • Quando você quer mudar de ramo de atividade ou abrir um novo negócio;
  • Quando há problemas financeiros e você não consegue pagar as dívidas;
  • Quando a empresa não está mais atendendo às expectativas do mercado ou dos clientes.

Independentemente do motivo, é essencial conhecer os procedimentos e os custos envolvidos no processo de encerramento da empresa.

Faturamento anual

Uma das principais razões para fechar uma empresa do Simples Nacional é o faturamento anual. Se a sua empresa ultrapassar o limite de R$4,8 milhões de faturamento anual, ela não poderá mais se enquadrar no Simples Nacional e será necessário migrar para outro regime tributário.

Devemos lembrar que, se a sua empresa ultrapassar esse limite, você terá até o último dia útil do mês de janeiro do ano seguinte para comunicar a exclusão do Simples Nacional.

Caso contrário, a empresa será excluída de ofício pela Receita Federal.

Além disso, se a sua empresa estiver inadimplente com o Simples Nacional por três meses consecutivos ou seis meses alternados, ela também poderá ser excluída do regime.

Quanto custa fechar uma empresa Simples Nacional

Se você está pensando em fechar sua empresa optante pelo Simples Nacional, é preciso estar ciente dos custos envolvidos no processo.

Existem custos diretos e indiretos que precisam ser considerados. Mas, para facilitar, abaixo iremos falar um pouco mais sobre quanto custa fechar uma empresa Simples Nacional.

Custos Diretos

Os custos diretos são aqueles que você terá que pagar diretamente para fechar sua empresa, são eles:

  • Taxas de encerramento: você terá que pagar as taxas de encerramento para a Junta Comercial do seu estado. O valor varia de acordo com o estado, mas geralmente é em torno de R$200,00.
  • Honorários do contador: se você não tem conhecimento técnico para lidar com a contabilidade da sua empresa, precisará contratar um contador para ajudá-lo no processo de fechamento. Os honorários do contador variam de acordo com o profissional e a complexidade do processo. A StiCorp oferece suporte técnico especializado para lidar com todos os aspectos fiscais de sua empresa.
  • Custos com dívidas: se a sua empresa tem dívidas, você terá que pagá-las antes de fechar a empresa. Caso contrário, elas continuarão a existir mesmo depois do encerramento.

Custos Indiretos

Os custos indiretos são aqueles que você não precisa pagar diretamente, mas que ainda afetam o seu bolso. Dentre eles, mencionamos:

  • Perda de patrimônio: se a sua empresa possui bens, como veículos, equipamentos ou imóveis, você terá que vendê-los ou transferi-los antes de fechar a empresa. Isso pode resultar em perda de patrimônio.
  • Processos trabalhistas: se a sua empresa tem processos trabalhistas em andamento, por exemplo, você terá que resolvê-los antes de fechar a empresa. Caso contrário, você ainda será responsável por eles mesmo depois do encerramento.
  • Perda de clientes e fornecedores: o fechamento da empresa pode afetar a confiança dos clientes e fornecedores, resultando em perda de negócios no futuro.

Ou seja, não há como negar que fechar uma empresa Simples Nacional pode ser um processo caro e demorado.

É essencial estar ciente dos custos envolvidos e buscar o auxílio de um contador para garantir que tudo seja feito corretamente.

Além disso, saiba que a StiCorp pode ajudá-lo a lidar com todos os aspectos fiscais da sua empresa, incluindo o fechamento.

Processo para fechar uma empresa do Simples Nacional

Fechar uma empresa do Simples Nacional pode ser um processo burocrático, mas é necessário para evitar problemas futuros e manter a regularidade fiscal.

Nos próximos tópicos, encontrará informações sobre a documentação necessária e o passo a passo para fechar uma empresa do Simples Nacional.

Documentação Necessária

Antes de iniciar o processo de fechamento da empresa, é preciso reunir toda a documentação necessária. Confira abaixo os documentos que você precisará apresentar:

  • Certidões Negativas de Débitos (CND) de tributos federais, estaduais e municipais;
  • Comprovante de quitação dos débitos fiscais;
  • Documento de identificação do titular ou responsável pela empresa;
  • Contrato Social ou Requerimento de Empresário;
  • Livros contábeis;
  • Declaração de Extinção da Empresa.

Passo a Passo

Após reunir toda a documentação necessária, siga o passo a passo abaixo para fechar sua empresa do Simples Nacional:

  1. Acesse o Portal do Simples Nacional e faça o download do Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples Nacional – PGDAS-D;
  2. Preencha o PGDAS-D com as informações da empresa e gere o Documento de Arrecadação do Simples Nacional – DAS;
  3. Pague o DAS referente ao mês da extinção da empresa e ao mês anterior, caso haja;
  4. Acesse o site da Junta Comercial do seu estado e preencha o Requerimento de Empresário ou o Contrato Social, informando a extinção da empresa;
  5. Entregue o Requerimento de Empresário ou o Contrato Social na Junta Comercial, juntamente com a Declaração de Extinção da Empresa e a documentação necessária;
  6. Aguarde a análise e aprovação da Junta Comercial;
  7. Após a aprovação, a Junta Comercial emitirá o Certificado de Baixa da Empresa.

O processo de fechamento da empresa do Simples Nacional pode variar de acordo com o estado e a cidade em que a empresa está registrada.

É preciso consultar as informações específicas do seu estado e seguir as orientações da Junta Comercial local.

Share.