quinta-feira, maio 30

Lesões, férias ou um acaso da vida…você teve que parar de jogar futebol por muito tempo e agora quer retornar aos campos?

Saiba que esse retorno deve ser cercado de todo cuidado, e tudo deve ser feito gradualmente, e de preferência, com o acompanhamento de um profissional.

O objetivo aqui é que você não se lesione e consiga estar na melhor forma possível e obter o máximo desempenho.

Por isso, separamos aqui algumas dicas para que você volte a jogar futebol com toda a segurança. Continue a leitura e descubra como!

Como voltar a jogar futebol depois de muito tempo parado?

Seja qual for o motivo que fez com que você tivesse que parar de jogar futebol, e seja você profissional ou amador, esse retorno deve ser aos poucos e ser acompanhado de perto por um profissional, preferencialmente um ortopedista especialista em pé.

Como é um esporte que solicita muito os pés, ter esse acompanhamento é a garantia que você fará os exercícios certos e mais importante, vai prevenir lesões.

Além de consultar um médico, veja outras dicas que podem garantir que esse retorno ocorra da melhor maneira possível:

Comece devagar

Quando uma pessoa para de jogar futebol, a massa muscular, a densidade óssea e o consumo de oxigênio diminuem.

Ao retomar a prática esportiva, o nosso desempenho não é tão bom e perdemos o fôlego mais rapidamente.

Por consequência, se um esforço muito intenso solicita o organismo, que não está mais habituado, as chances são grandes de lesões, contraturas, dores…

Tenha em mente que é importante retomar o esporte em um nível de intensidade inferior ao que você tinha antes de parar, pois são necessárias algumas semanas para que seu corpo retorne ao seu nível de resistência.

Por isso, os especialistas recomendam que é essencial o aquecimento, que é justamente o que vai evitar lesões ou outros problemas.

Fortalecimento muscular

O fortalecimento muscular deve fazer parte da sua rotina, afinal, as articulações perderam sua mobilidade porque elas não foram solicitadas em toda sua amplitude.

No caso de ganho de peso, saiba que esses quilos a mais podem sobrecarregar mais a articulação do joelho. Daí a importância de fortalecer os músculos em volta das articulações.

Um reforço dos músculos das coxas protege o joelho, já que um quadríceps muito enfraquecido pode expor o joelho a entorse durante a retomada esportiva.

Sem se esquecer do fortalecimento dos músculos da coluna e dos quadris, a fim de limitar os desequilíbrios posturais, assim como os músculos dos ombros.

Para acelerar esse processo, juntamente com os exercícios de fortalecimento muscular, o uso de vitaminas para ganhar massa muscular é altamente recomendado.

Treinos leves

É fato que um tempo parado provoca uma perda importante das capacidades fisiológicas e metabólicas.

Por consequência, há uma diminuição das capacidades cardiovasculares, musculares e respiratórias.

Assim, seja qual for a gravidade da lesão, é necessário que você comece a treinar à parte do grupo e claro, um treinamento diferente.

Os objetivos da retomada a esses treinos leves são os seguintes:

  • Evitar recidivas;
  • Melhorar o controle proprioceptivo;
  • Impedir de produzir compensações em razão de mudanças posturais;
  • Retomar a autoconfiança;
  • Readaptar seu corpo às exigências do futebol;
  • Treinar as técnicas.

Ao menor sinal de dor, pare

Após uma parada, é necessário reeducar o corpo e as articulações. 

Se ao final de quinze minutos de corrida, seu tornozelo ou calcanhar estiverem doendo, é melhor parar e voltar dois dias depois.

Caso você esteja fazendo exercícios em uma academia, adapte-os à sua condição física.

De repente, levante menos peso ou diminua o número de repetições, se necessário.

O mais importante aqui é não forçar seu corpo.

Retomar as bases do esporte

Segundo especialistas, se você retoma o futebol no mesmo nível, há um risco maior de lesão.

Os músculos e os tendões estão rígidos, e uma má mobilidade expõe a um gesto técnico errado.

Dessa forma, há um risco de lesão do tendão ou contratura muscular, uma vez que a articulação não trabalha corretamente no seu eixo.

Portanto, um trabalho de resistência, reforço muscular e alongamento permite um trabalho locomotor mais eficaz.

Sendo assim, para você voltar a jogar futebol depois de muito tempo parado, deve iniciar por um trabalho de coordenação motora, que contribui para um movimento mais preciso e seguro.

Alongamento e boa alimentação

Assim que terminar seus treinos, a chave está no alongamento. Por isso, dedique um tempo de 10 a 15 minutos para alongar-se.

Nunca negligencie essa etapa, porque é a segurança de não se lesionar. As contraturas desaparecem à medida que seu corpo retoma o hábito de certos movimentos.

Os alongamentos permitem também melhorar a amplitude dos movimentos, e a longo prazo, os efeitos são sentidos: maior equilíbrio, flexibilidade e coordenação.

Do ponto de vista da nutrição, uma alimentação equilibrada e rica em fibras (frutas e legumes) pode ajudar na regeneração dos músculos.

E não se esqueça de hidratar-se o suficiente. Mesmo que existam bebidas isotônicas, a água é sempre seu melhor aliado.

Como voltar a jogar futebol após uma lesão?

Após uma lesão ou cirurgia, obviamente que você deve seguir todas as recomendações do seu médico, a fim de não ter o risco de alguma complicação.

Diferentemente de alguns anos atrás onde os médicos recomendavam um período longo de imobilização, a tendência hoje é retomar a atividade o quanto antes.

Isso porque, a recuperação é acelerada quando o corpo começa a se habituar novamente às suas atividades.

E sem falar que a perda de massa muscular pode ser significativa em apenas algumas semanas parado.

É claro que isso depende de cada caso, e somente os profissionais habilitados, como ortopedista, cirurgião, fisioterapeuta, por exemplo, são capazes de dar todas essas orientações.

O ideal é que no momento de retomada à sua prática esportiva que você esteja cercado de profissionais especializados em medicina esportiva, porque sabem exatamente o que você deve ou não fazer.

A nossa última dica para que você volte a jogar futebol na maior segurança é buscar o suporte em um instituto ortopédico, visto que você encontra em um único lugar tudo que precisa para que a sua volta aos campos seja um sucesso!

Conclusão

Ao voltar a jogar futebol depois de muito tempo parado, evite o erro de retomar muito rápido e de maneira muito intensa.

É importante levar em conta o tempo de interrupção das atividades, um eventual ganho de peso, e a falta de condicionamento cardiorrespiratório e muscular, assim como a fragilidade das estruturas articulares e ósseas.

Sendo assim, retome os seus treinos devagar, pois isso contribui para que seu corpo se habitue a receber um treino mais intenso, e que você alcance o máximo desempenho nos jogos!

Leia também: Como tomar medidas legais contra alguém que rouba suas fotos do Instagram

Share.