quarta-feira, julho 17

No futebol brasileiro, onde cada jogo é uma batalha e cada jogador um herói em potencial, surge uma figura que tem chamado a atenção no Esquadrão de Aço: Marcos Felipe, o goleiro do ECB.

Com uma trajetória que lembra um tanto a de Kanu, Marcos Felipe do Bahia veio por empréstimo e, tal como o colega, caiu nas graças da diretoria, sendo adquirido ainda durante a disputa da Série A.

Antes de vestir a camisa do Bahia, Marcos teve uma temporada de poucos holofotes no Fluminense, onde perdeu espaço para o veterano Fábio. Essa situação, um tanto frustrante, foi o empurrão que o goleiro precisava para aceitar o desafio de defender o Bahia em 2023. Uma decisão que rapidamente se mostrou acertada, com Marcos assumindo a titularidade e mostrando a que veio.

A confiança em seu talento é tanta que o goleiro assinou um contrato até dezembro de 2027 com o clube baiano. Em entrevista ao ge.globo, ele demonstrou total foco no Bahia: “Minha cabeça está 100% no Bahia. Assinei o novo contrato há pouco tempo e quero permanecer o máximo de tempo possível aqui”, afirmou o arqueiro.

No entanto, nem tudo foi fácil para Marcos Felipe no Bahia. A temporada o colocou diversas vezes no centro das críticas, especialmente devido aos problemas defensivos do time. O Tricolor sofreu 53 gols em 38 jogos, uma marca que não orgulha a equipe. Porém, o goleiro tem uma visão ampla sobre essa questão, defendendo a ideia de que a defesa é um trabalho coletivo. “Quando se faz gol, a defesa também é exaltada”, lembrou ele, reforçando a importância do conjunto.

O ano foi difícil, com o time lutando contra o rebaixamento até o último minuto, mas Marcos Felipe vê uma lição valiosa nessa experiência: a mentalidade do grupo em suportar pressão e se superar. “O que deixa de lição é a perseverança, acreditar sempre”, disse ele, mostrando confiança na capacidade de sua equipe.

Marcos terminou o ano como um dos jogadores mais presentes em campo pelo Bahia, com 63 atuações. Apesar de ter sofrido 78 gols, sua performance geral tem sido sólida, e ele é visto como peça-chave na estratégia do time.

Para os fãs do Bahia e admiradores do futebol, Marcos Felipe representa mais do que um jogador em campo; ele é a personificação da resiliência e do comprometimento. Em cada defesa, cada jogo, ele não apenas guarda a meta do Bahia, mas também protege as esperanças e sonhos de uma torcida apaixonada.

Com os olhos voltados para o futuro, Marcos e o Bahia se preparam para desafios maiores. O objetivo é claro: posicionar o Bahia entre os grandes do futebol brasileiro. E, com Marcos Felipe como um dos líderes, esse sonho parece cada vez mais possível. É a jornada de um goleiro que chegou quase em silêncio e hoje é um dos principais nomes do clube, um verdadeiro guardião da esperança tricolor.

Ficha técnica do jogador:

  • Nome completo: Marcos Felipe de Freitas Monteiro
  • Nasc./Idade: 13/04/1996 (27)
  • Local de nascimento: Linhares, Brasil
  • Altura: 1,88 m 
  • Nacionalidade: Brasil
  • Posição: Goleiro
  • Pé: direito
  • Empresários: Ferreira
  • Clube atual: EC Bahia
  • No time desde: 31/08/2023
  • Contrato até: 31/12/2027
  • Fornecedor: Nike
  • Valor de mercado atual: R$ 7 milhões

Fonte: https://meubahia.com.br/

Share.