quinta-feira, maio 30

Em uma era de consumo rápido e descartabilidade, é importante abordar um dos grandes vilões ambientais: os tecidos sintéticos. 

A indústria da moda, responsável por 10% das emissões anuais de carbono, tem no tecido sintético um de seus principais contribuintes. 

Constituído majoritariamente – ou mesmo totalmente – por fibras não-naturais, os sintéticos de base petroquímica representam 65% de todas as fibras produzidas anualmente. 

Ainda mais alarmante, as emissões de uma única camiseta de poliéster são estimadas em 5,5 kg CO2-eq, em comparação com 2,1 kg CO2-eq de uma camiseta feita de algodão.

Então, como podemos otimizar o uso dos tecidos sintéticos para reduzir nosso impacto ambiental? 

Uma das respostas está no uso inteligente e cuidadoso do tecido impermeável metro, que é uma forma de consumir um produto mais durável e feito sob medida.

Compre tecido impermeável por metro

O tecido impermeável é uma escolha popular entre os consumidores por sua durabilidade e resistência à água. Como uma gota d’água em uma folha de lótus, o líquido simplesmente desliza, não afetando o tecido. 

Mas você já parou para pensar na quantidade que realmente precisa?

Ao adquirir o tecido impermeável por metro, você pode comprar exatamente a quantidade necessária para seu projeto, reduzindo o desperdício.

Reutilize e recicle

Seu casaco impermeável rasgou? A tenda que você comprou há anos está velha? Antes de jogá-los no lixo, pense novamente. 

Esses itens podem ser reaproveitados de formas criativas, seja transformando-os em uma nova peça de vestuário ou usá-los em projetos de artesanato. 

O tecido impermeável reciclado pode até ser transformado em um novo tecido, contribuindo para um ciclo de vida mais sustentável.

Conscientize-se

Por último, mas não menos importante: eduque-se. 

Entender as consequências do consumo excessivo e o impacto dos tecidos sintéticos no meio ambiente é o primeiro passo para a mudança. 

Você sabia que até 200 quilos de absorventes íntimos convencionais, sendo 90% de plástico, podem ser gerados ao longo da vida fértil da mulher?

Sim, muitas coisas precisam mudar na nossa rotina para “chegar lá”.

Os tecidos sintéticos, que também estão nos absorventes, assim como um carro mal utilizado ou sem manutenção, podem causar uma quantidade alarmante de danos.

Otimizar o uso de tecidos sintéticos não é apenas uma questão de responsabilidade ambiental, é também uma forma de respeitar as futuras gerações.

Da mesma forma que não jogamos lixo na casa dos vizinhos, não devemos sujar nosso planeta. É hora de vestir a camisa (preferencialmente de algodão) e fazer a nossa parte.

Share.