quinta-feira, maio 30

De acordo com relatório divulgado pela Neotrust, a Black Friday de 2023 deve gerar um faturamento 12% maior do que o registrado no ano anterior. A expectativa é que o evento movimente R$ 4,7 bilhões em vendas no varejo online. Apesar do aumento na expectativa de faturamento, a pesquisa aponta que o comércio eletrônico ainda não deve recuperar as perdas registradas no primeiro semestre do ano.

Os varejistas estão otimistas com relação ao desempenho da Black Friday deste ano. Segundo pesquisa realizada pelo Reclame Aqui, 55% dos varejistas acreditam que as vendas serão melhores do que as registradas em 2022. Uma das tendências observadas é o pagamento à vista com desconto, que tem se mostrado uma opção cada vez mais atrativa para os consumidores.

Com a proximidade do evento, muitos consumidores já estão se preparando para aproveitar as ofertas e descontos oferecidos pelos varejistas. A Black Friday é uma oportunidade para adquirir produtos com preços mais baixos e antecipar as compras de fim de ano. As empresas, por sua vez, buscam atrair clientes oferecendo descontos e promoções exclusivas.

Expectativas de Faturamento e Crescimento

De acordo com o relatório “Estratégias e Expectativas para a Black Friday 2023” divulgado pela Neotrust, os varejistas brasileiros terão um faturamento 12% maior em relação ao ano passado. A pesquisa aponta que as vendas devem atingir R$ 6,1 bilhões, o que representa um aumento de R$ 660 milhões em relação a 2022.

O estudo também indica que o evento deve movimentar o comércio eletrônico, com um aumento previsto de 15% nas vendas online em relação ao ano anterior. A expectativa é que o faturamento do e-commerce chegue a R$ 4,2 bilhões.

Ainda segundo o relatório, o mês de novembro deve ser um período de crescimento para o varejo, com um aumento de 7,5% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado. Os setores que devem se destacar são o de eletrônicos, moda, casa e decoração, e cosméticos.

É importante lembrar que as expectativas de faturamento e crescimento são baseadas em projeções e podem ser influenciadas por diversos fatores, como a situação econômica do país, a concorrência entre empresas e a adesão dos consumidores ao evento. No entanto, a pesquisa da Neotrust serve como um indicador do potencial da Black Friday 2023 para impulsionar as vendas no varejo brasileiro.

Comportamento do Consumidor e Estratégias de Vendas

Com a Black Friday 2023 se aproximando, os varejistas estão se preparando para aproveitar a data de compras mais aguardada do ano. Segundo pesquisa da MindMiners, 85% dos brasileiros pretendem fazer compras na Black Friday, e o ticket médio deve ser de R$ 1.200, um aumento de 20% em relação ao ano passado.

Tendências de Compras

Os brasileiros estão cada vez mais adeptos às compras online, e a Black Friday não é exceção. De acordo com a pesquisa da MindMiners, 72% dos consumidores devem realizar suas compras pela internet, enquanto apenas 28% devem optar por lojas físicas. Além disso, a pesquisa aponta que os produtos mais procurados serão eletrônicos, seguidos por calçados, roupas, perfumes, maquiagem, cosméticos e eletrodomésticos.

Os consumidores também estão buscando por ofertas vantajosas e descontos expressivos, e muitos estão dispostos a fazer compras antecipadas para garantir os melhores preços. Além disso, a pesquisa da MindMiners mostra que o frete grátis é um fator decisivo para 57% dos consumidores na hora de realizar suas compras.

Estratégias de Vendas Online

As vendas online devem ser um grande destaque na Black Friday 2023, e os varejistas estão se preparando para atender a demanda dos consumidores. As estratégias omnichannel devem ser uma tendência, com as empresas integrando suas lojas físicas e virtuais para oferecer uma experiência de compra mais completa aos clientes.

Além disso, as empresas devem investir em tecnologia para aprimorar a experiência de compra dos consumidores, como pesquisa de produtos, sites de busca e redes sociais. O uso de aplicativos das lojas e carteira digital também deve ser uma tendência, facilitando o pagamento e agilizando o processo de compra.

Os lojistas também devem oferecer opções de pagamento variadas, como cartão de crédito, PIX e dinheiro, para atender às necessidades dos consumidores. A reputação das empresas também é um fator importante, e os varejistas devem se preocupar em oferecer um bom atendimento ao cliente e uma política de devolução transparente.

Em resumo, a Black Friday 2023 deve ser uma grande oportunidade para as empresas aumentarem suas vendas e conquistarem novos clientes. Com estratégias de vendas online bem planejadas e foco nas tendências de compras dos consumidores, os varejistas podem aproveitar ao máximo essa data tão importante no calendário do comércio brasileiro.

Impacto do Cenário Econômico

A Black Friday de 2023 deve ter um faturamento 12% maior em relação ao ano anterior, de acordo com um relatório da Delivei. No entanto, o cenário econômico pode ter um impacto significativo nas vendas durante o evento.

A inflação deve fechar em torno de 6%, o que significa que o ganho real será de 4%. Isso pode afetar o poder de compra dos consumidores e fazer com que eles sejam mais seletivos durante a Black Friday.

Além disso, as taxas de juros podem influenciar o comportamento dos consumidores. Se as taxas estiverem altas, é possível que as pessoas optem por não fazer compras a prazo, o que pode afetar as vendas de móveis, eletrônicos e outros produtos de alto valor.

O governo também pode ter um impacto na Black Friday de 2023. Se houver mudanças significativas na política econômica, isso pode afetar o comportamento dos consumidores e o desempenho das vendas.

Outros eventos sazonais, como o Dia dos Pais, podem ter um impacto nas vendas durante a Black Friday. Se as vendas do Dia dos Pais forem fracas, é possível que os consumidores estejam menos propensos a gastar durante a Black Friday.

Por fim, a pesquisa de preços pode ser um fator importante para os consumidores que desejam economizar durante a Black Friday. Os consumidores podem comparar preços em diferentes lojas e optar por comprar em lojas que oferecem os melhores preços em perfumes, alimentos e bebidas.

Em resumo, embora a Black Friday de 2023 deva ter um faturamento 12% maior em relação ao ano anterior, o cenário econômico pode ter um impacto significativo nas vendas durante o evento. Os consumidores podem ser mais seletivos e optar por não fazer compras a prazo se as taxas de juros estiverem altas. Além disso, outros eventos sazonais e a pesquisa de preços podem afetar o comportamento dos consumidores durante a Black Friday.

Share.