quinta-feira, maio 30

Uma das maiores preocupações dos pais é quando o bebê não dorme, afinal, o sono é essencial para o seu desenvolvimento.

Além disso, a falta de sono traz consequências para a saúde da criança, como um sistema imune mais vulnerável, comportamento mais agitado, entre outras.

Vale saber que o ritmo de sono do bebê evolui bastante de 1 a 9 meses. No início, ele dorme de acordo com as suas necessidades, e geralmente não faz a diferença entre o dia e a noite.

Aos poucos, ele se adapta ao ciclo circadiano, e às vezes, apresenta dificuldades para dormir.

Mas por que o bebê mesmo com sono não dorme?

Continue a leitura e descubra!

Bebê com sono, mas não dorme: o que pode ser?

Separamos aqui os motivos mais comuns que podem explicar porque o bebê não dorme:

Refluxo gastroesofágico

O refluxo gastroesofágico é um retorno involuntário do conteúdo do estômago no esôfago.

Embora não seja perigoso, é muito desagradável para o bebê.

Os pais podem levantar um pouco a cabeça da criança, assim como observar o tipo de alimentação.

Em casos simples, esse problema se atenua em torno dos 6 meses para desaparecer quando o bebê tem 1 ano, 1 ano e meio.

Se persistir, o melhor é conversar com o pediatra.

Cólicas

A cólica se manifesta por uma crise de choro recorrente e regular, que aparece principalmente entre 2 e 4 meses.

Apesar de também não ser perigosa, a cólica afeta o sono do bebê.

De acordo com um artigo publicado no website SonoSeguro, uma massagem na barriga do bebê ajuda bastante, ou colocar o bebê no antebraço.

Nascimento dos dentes

O nascimento dos dentes também causa dores que afetam o sono do bebê.

Assim, o bebê não consegue dormir ou acorda várias vezes durante a noite.

Normalmente, isso dura de 3 a 4 dias, e para aliviar o bebê, uma medicação com prescrição médica ou mordedores podem ser utilizados.

Otite

A otite é uma inflamação do ouvido interno, e uma consulta com o pediatra é necessária.

Saiba que a otite é muito dolorosa quando o bebê está deitado.

Dessa forma, os pais devem levantar a cabeça do bebê para que ele consiga dormir.

Mais uma vez, você só pode dar qualquer remédio sob a supervisão do médico.

Essas são as razões mais comuns pelas quais o bebê não dorme, mas saiba que o sono do bebê é composto por duas fases: o ciclo calmo e o ciclo agitado.

Durante o sono agitado, o bebê pode se movimentar, sorrir, chorar, abrir os olhos…

Um erro comum é pegar o bebê nos braços pensando que ele não está dormindo mais.

No entanto, um bebê realmente acordado está com seus olhos bem abertos e se espreguiçando. 

É preferível deixá-lo acordar tranquilamente alguns minutos para ver se ele não vira de lado e volta a dormir.

Dicas para fazer o bebê dormir

Algumas dicas favorecem o sono do bebê, porém, é preciso saber reconhecer os primeiros sinais de sono.

Se você perceber que seu bebê está com sono, mas não dorme, veja alguns conselhos que podem ajudá-lo a dormir:

  • Ambiente do quarto

Para ter uma boa noite de sono, a temperatura do quarto não pode ser nem muito quente nem muito fria.

Além disso, o ambiente não deve ser muito seco nem muito úmido. O nível de umidade aceitável é entre 40 e 60%.

É importante também deixar o quarto escuro, talvez uma luz baixa em uma luminária.

  • Estabeleça uma rotina de sono

Crie uma rotina antes de dormir, com atividades tranquilas e relaxantes

Por exemplo, um banho morno, uma massagem suave, uma história ou uma música suave.

Tente manter um horário regular de sono para o bebê, pois isso o ajuda o bebê a se acostumar a dormir na mesma hora todas as noites.

  • Alimente o bebê antes de dormir

Alimente o bebê antes de dormir, para garantir que ele não acorde com fome durante a noite.

  • Coloque o bebê para dormir acordado

Tente colocar o bebê para dormir ainda acordado, para que ele possa aprender a adormecer sozinho.

  • Considere o uso de técnicas de relaxamento

Algumas técnicas de relaxamento, como o som branco ou o ruído do ventilador, podem ajudar a acalmar o bebê e facilitar o sono.

  • Esteja presente

Fique presente no quarto do bebê enquanto ele adormece, para que ele se sinta seguro e confortável. 

Se ele acordar no meio da noite, volte ao quarto para confortá-lo.

Vale mencionar que cada bebê é único e com necessidades próprias, e uma das chaves para fazer o bebê dormir é ter muita paciência e consistência.

Por fim, o bebê funciona como uma esponja de emoções e se ele perceber que você está muito estressada, ele também vai ficar mais agitado e irritado.

Portanto, procure relaxar e respirar fundo sempre que for colocar seu bebê para dormir.

Conclusão

Agora que você conhece as possíveis causas porque seu bebê não dorme, é importante estar atento e em caso de dúvidas, sempre consultar o pediatra.

Embora na maioria das vezes não seja nada sério, é necessário lembrar que a falta de sono pode afetar o desenvolvimento do bebê.

Por isso, todo cuidado é pouco!

Share.