terça-feira, abril 23

As batalhas de rima Salvador são uma verdadeira manifestação cultural urbana e possibilitam que jovens da periferia tenham mais visibilidade. Esse é o caso da Batalha da Torre. Normalmente realizado na Boca do Rio, do Parque dos Ventos, esse evento atrai participantes de toda a Bahia e até de outros estados.

Espaços de improvisos receptivos, as batalhas permitem que vários jovens alcancem maior visibilidade social. Além disso, também permitem que os participantes possam expressar batalhas pessoais e fazer críticas sociais.

No artigo de hoje, vamos entender melhor o que são essas batalhas e como elas se organizam.

Batalhas de rima Salvador já são parte da cultura urbana da cidade

Em Salvador as batalhas de rima já são um evento comum no ambiente urbano da cidade. Pois, são realizadas com frequência e reúnem vários participantes que disputam com poemas rimados autorais estilo Rap e Hip Hop.

E, que não perdem o evento por nada como forma de diversão e visibilidade social. Afinal, são batalhas de improviso, que abrem espaço para os jovens da periferia se manifestarem através da rima.

Nessas ocasiões, os jovens aproveitam a criticidade desses estilos musicais, para expor suas próprias batalhas pessoais de sobrevivência na cidade. E não é apenas uma batalha, são várias, algumas atraindo participantes até de fora do estado. 

A Batalha da Torre, por exemplo, tem 80,7 mil inscritos em seu canal do YouTube. Sua última edição foi realizada em 2022, na Boca do Rio, do Parque dos Ventos.

Jovens sonham em crescer na música através das Batalhas de rima Salvador 

Muitos jovens que participam das batalhas de rima sonham em crescer na cena do Rap e do Hip Hop sem sair da Bahia. No entanto, nem sempre é fácil se destacar em meio a tantos concorrentes.

Normalmente, as batalhas de rima dão destaque para um ou dois artistas a cada ano. Mas, quando um participante consegue se destacar, a recompensa vem. Esse é o caso do cantor JayA Luuck, que se destacou no hip hop. E tem mais de 8 milhões de visualizações em suas músicas.

JayA Luuck veio do Bairro Pituaçu, em Salvador, e participava com frequência da Batalha da Torre. Atualmente, o jovem faz sucesso cantando sozinho e com outros artistas e tem sua própria gravadora, Pineapple.

Como acontecem as batalhas de rimas?

As batalhas de rima Salvador costumam ter competições individuais, de um contra um. Cada disputa é dividida em diferentes rounds, e os participantes podem, ou não, contar com o auxílio da trilha sonora beat.

Independente disso, no final da batalha é a plateia quem escolhe o vencedor. Portanto, se os participantes não agradarem o público, não conseguem chegar nem perto da final.

Apesar disso, a solidariedade entre amigos não fica de fora do evento. Pois, não é incomum que amigos patrocinam outros pagando sua inscrição e ainda torça por eles na plateia.

Um evento social que une os jovens

As disputas nas batalhas são acirradas, e cada concorrente quer ser campeão. No entanto, todos compartilham de vivências comuns a jovens da periferia e dos mesmos sonhos.

São jovens capazes de patrocinar amigos para que participem e até ganhem o evento, quando eles mesmos ficam de fora. Além disso, são jovens marginalizados socialmente, que querem ser ouvidos, e se destacar na música profissional.

Você já conhecia as batalhas de rima Salvador? Comente!

Share.