quinta-feira, maio 30

Você já deve saber que o curso de medicina é um dos mais procurados, certo? Além disso, entrar e se manter no curso é bastante complexo e ainda existem diferentes segmentos e especialidades médicas a serem seguidas após o curso. 

Com isso, além de ser difícil entrar para uma universidade de medicina é também difícil encontrar a especialidade a ser seguida. Logo, conhecer as principais especialidades médicas e maneiras de se descobrir na profissão é essencial.

Por isso, preparamos o texto a seguir com as 5 principais especialidades médicas e algumas dicas de como escolher a área da medicina mais compatível com seu perfil pessoal e profissional. 

O que está por trás das especialidades médicas?

Como visto anteriormente o curso de medicina é um dos mais desejados pelos jovens. No entanto, embora seja bastante disputado, ele pode ser considerado o curso com a maior duração, tendo em média 6 anos de duração.

Durante os 6 primeiros anos de curso os estudantes são submetidos a 3 etapas de ensino: o básico, o clínico e o internato. Cada um deles dura em média 4 períodos, ou seja dois anos. 

No ensino básico os futuros médicos são apresentados conceitos biológicos, metabolismo, ou seja, um estudo geral sobre o corpo humano. Já no ciclo de estudos clínicos, os estudantes começam a ter contato com as principais especialidades médicas. 

Portanto, são apresentadas durante o ciclo diversas aulas sobre áreas da medicina, no intuito de começar a estimular em cada um seus desejos para o prosseguimento da carreira. 

O internato é um período extremamente prático e determinante para a formação dos novos médicos. Logo, a grande maioria das aulas passam a ser ministradas em hospitais, no qual os alunos são submetidos a situações reais. 

Vale destacar que a fase do internato é diferente do período de residência que se inicia após os 6 anos de curso. O internato é uma fase obrigatória e não remunerada. Já a residência é o momento da especialização do médico. 

principais especialidades médicas

5 principais especialidades médicas

Agora que você já sabe mais sobre o funcionamento do curso de medicina já dá para perceber que é um curso bastante complexo, certo? Vale destacar que após esses 6 anos não é obrigatório realizar uma especialização médica. 

Com isso, o médico passa a ser tratado como clínico geral. Entretanto, se você deseja escolher uma entre as especialidades médicas, você precisará estudar em média mais 2 ou 3 anos para concluir sua especialização. 

1- Cardiologia

Entre as especialidades médicas mais procuradas, a cardiologia certamente está entre elas. De modo geral, o médico cardiologista tem como especialidade diagnosticar e tratar problemas e doenças ligadas ao coração. 

Ao atuar como cardiologista, o profissional possui uma ampla possibilidade de atuação. Com isso, ele pode estar presente em hospitais públicos e privados, clínicas e principalmente atuar em seu consultório. 

As funções da especialidade médica de cardiologista são, basicamente, realizar exames e testes físicos e desenvolver diagnósticos e realizar tratamentos, cirúrgicos ou não. 

2- Dermatologia

Uma das especialidades médicas mais em alta é a dermatologia, muito por conta do aumento dos cuidados com a pele, principalmente do rosto, por homens e mulheres. Por isso, se você deseja cuidar da pele, essa é a área certa. 

O dermatologista tem a função e capacidade de desenvolver procedimentos preventivos e de tratamentos para a melhora da pele. Portanto, é uma área altamente ligada ao campo estético, mas muito ligada à qualidade de vida e cuidados a longo prazo. 

3- Geriatria

Cada vez mais a geriatria vem ganhando espaço entre as especialidades médicas, isso porque a população tem aumentado a expectativa de vida. Portanto, assim como os pediatras cuidam das crianças, os geriatras cuidam das pessoas mais idosas.

Com isso, o médico geriatra tem todo o conhecimento para promover uma maior idade com menos preocupações, agindo principalmente na prevenção de doenças. Logo, uma das especialidades médicas mais sensíveis e em crescimento. 

4- Ortopedia

A grande maioria das pessoas já passou pelo menos uma vez em uma consulta com um médico ortopedista. Afinal, ele é o responsável por diagnosticar e tratar lesões nos ossos, músculos e nervos. 

A ortopedia pode ser considerada uma das especialidades médicas mais complicadas devido ao alto índice de complexidade para os tratamentos. Com isso, o acompanhamento desse profissional demora meses ou até anos. 

5- Anestesiologia

Outra entre as especialidades médicas que está em alta é o médico anestesista. Isso porque sua remuneração costuma ser elevada e também suas funções são necessárias para todos os procedimentos cirúrgicos.

Com isso, é uma área médica que possui alta empregabilidade. O profissional desta especialidade tem a função de acompanhar antes, durante e depois da cirurgia as condições de cada paciente. 

Como escolher uma entre as várias especialidades médicas?

Agora que você já conhece algumas das principais especialidades médicas, você deve estar se perguntando como escolher, certo? Primeiramente, o mais importante é analisar suas aptidões. 

Por isso, durante o curso de medicina você já precisa se vislumbrar dentro de cada profissão, encontrar as matérias que mais se destaca e que te agradam. Afinal, você passará horas em um hospital ou consultório. 

Após definir duas ou três entre as especialidades médicas é importante que você estude a rotina desses profissionais, quais são suas principais atividades e dificuldades. Além disso, é importante analisar o mercado de cada especialidade. 

De modo geral, para escolher a especialidade médica ideal é essencial realizar um estudo pessoal sobre suas vontades, desejos e facilidades e equilibrar com um estudo amplo sobre cada especialidade.

Como escolher uma entre as várias especialidades médicas

Conclusão

Com todas as informações apresentadas no texto é possível conhecer mais sobre as 5 especialidades médicas mais procuradas pelos estudantes de medicina. Além disso, o texto também aborda o cronograma de um curso de 6 anos de medicina. 

Após esse período, o estudante que deseja realizar uma especialização precisa dar entrada em um curso com média de conclusão de 3 anos. Depois desse período ele passa a se tornar especialista. 

Por fim, agora já sabe algumas das especialidades médicas e também algumas dicas sobre como escolher a melhor para você. Com isso, estude, foque e invista em cada vez mais conhecimento para se tornar médico ainda melhor.

Share.