Decreto assinado no domingo por Trump previa início da medida na sexta-feira, mas governo americano antecipou a data

Os Estados Unidos anteciparam a restrição à entrada de cidadãos não americanos procedentes do Brasil. O decreto de Donald Trump, assinado no domingo, previa que a medida passaria a valer na sexta-feira. A Casa Branca, porém, alterou a data para esta quarta-feira (27/5).

Um aviso emitido pelo governo norte-americano informa que a medida começa a valer às 23h59 da terça-feira no horário da Costa Leste dos EUA, ou seja, 0h59 de quarta-feira, no horário de Brasília. Os passageiros que desembarcarão na noite de terça-feira ou madrugada de quarta-feira precisam ficar atentos. 

O decreto determina que será barrada a entrada nos Estados Unidos de passageiros provenientes do Brasil ou que estiveram no país até 14 dias antes de tentar entrar em solo americano. A decisão foi tomada dois dias depois de o Brasil ultrapassar a Rússia e se tornar o segundo país do mundo em número de casos da covid-19, atrás apenas dos EUA. A medida passará a valer na próxima sexta-feira.

"Hoje, o presidente tomou a ação decisiva para proteger nosso país, ao suspender a entrada de estrangeiros que estiveram no Brasil durante um período de 14 dias antes de buscar a admissão nos Estados Unidos", diz um comunicado da secretária de imprensa da Casa Branca, Kayleigh McEnany. "A ação de hoje garantirá que estrangeiros que estiveram no Brasil não se tornem uma fonte adicional de infecções em nosso país. Essas novas restrições não se aplicam aos voos comerciais entre os EUA e o Brasil", acrescenta a nota.

A medida não será aplicada a pessoas que residam nos Estados Unidos ou sejam casadas com um cidadão americano. Da mesma forma, filhos ou irmãos de americanos, desde que tenham menos de 21 anos, poderão entrar nos EUA. Integrantes de tripulações de companhias aéreas ou pessoas que ingressem no país a convite do governo dos EUA também estão isentas da proibição.

Repercussão

O assessor especial da Presidência para assuntos internacionais, Filipe Martins, tentou minimizar a decisão de Trump. O presidente americano é tido como um aliado pelo presidente Jair Bolsonaro. “Ao proibir temporariamente a entrada de brasileiros nos Estados Unidos, o governo americano está seguindo parâmetros quantitativos previamente estabelecidos que alcançam naturalmente um país tão populoso quanto o nosso. Não há nada específico contra o Brasil. Ignorem a histeria da imprensa”, tuitou Felipe Martins.

Para Juliano da Silva Cortinhas, professor do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (UnB), o decreto de Trump “é uma consequência da irresponsabilidade do governo brasileiro frente à pandemia e de parte da população que desrespeitou as medidas de isolamento social decretadas nos estados”. “Vamos, a partir de agora, pagar o preço, tanto em vidas como em medidas restritivas à nossa movimentação pelo sistema internacional”, disse o docente.

Fonte: Correio Braziliense

Aeroporto de Teixeira de Freitas voltará a ter voos comerciais

Teixeira de Freitas: A nova previsão é que na primeira semana de Setembro, o Aeroporto de Teixeira de Freitas voltará a operar voos comerciais

Adiamento das eleições municipais para novembro é aprovado

PEC deve ser promulgada amanhã em sessão do Congresso A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (1º), em dois turnos, a Proposta de

Senado aprova texto base que pune fake news nas redes sociais

O Senado Federal aprovou na noite desta terça-feira, 30, o texto base do projeto de lei que pune o uso de fake news e o ataque à honra nas redes

Governo prorroga por 2 meses auxílio emergencial

O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou nesta terça-feira (30) a prorrogação do auxílio emergencial, destinado a trabalhadores

Mesmo em tempo de Pandemia a Prefeitura de Caravelas realiza diversas

Caravelas: Melhoria da infraestrutura de ruas, avenidas, praças e prédios públicos, estão entre as ações realizadas em diferentes bairros.

Lucas Bocão é pré-candidato a prefeito de Teixeira e se afasta do

Teixeira de Freitas: O radialista Lucas Rocha, o "Lucas Bocão" se afastou do seu programa diário na Rádio Eldorado FM e que leva o próprio nome

Confira o calendário de pagamento do 3º lote do auxílio

Quem solicitou pelo app ou pelo site começa a receber neste sábado A Caixa Econômica Federal anunciou no último dia 26 a data de pagamento da

Bolsonaro tira foto sem máscara ao lado de crianças e idosos

O presidente Jair Bolsonaro foi a Araguari (MG) na manhã deste sábado, 27, e cumprimentou apoiadores no meio de uma rodovia. Algumas pessoas

Ministério da Saúde anuncia parceria para produção da vacina

Anúncio foi feito neste sábado em coletiva de imprensa O Ministério da Saúde anunciou em coletiva de imprensa realizada na manhã deste

Queiroz pode estar negociando delação premiada, diz emissora

O ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz estaria negociando uma delação premiada com o Ministério Público, segundo

Nossos Apoiadores: