Alcobaça: “Por questões político partidárias, as pessoas perdem a honra, os amigos e a capacidade de ser íntegro e viver uma vida comum na sua própria sociedade”. Essa frase do escritor baiano, Sócrates Di Lima, expressa bem o que vem acontecendo nos bastidores da política em nossa região, especialmente na cidade de Alcobaça, onde a disputa eleitoral tem sido marcada por batalhas jurídicas e constantes presenças na delegacia.

Nossa equipe de reportagem publicou nesta terça-feira, 20 de outubro, uma matéria sobre a agressão sofrida por um morador de Alcobaça, que após as agressões registrou um Boletim de Ocorrência denunciando os agressores, dentre eles, o filho do candidato a prefeito Zico Baiato, identificado apenas pelo apelido de “Pipo”. Após o registro da ocorrência, a vítima, Fabrício Rocha da Conceição, publicou um vídeo dizendo que o “Pipo” não teria participado da agressão, mas, separado a briga.

O caso vem ganhando grande repercussão, inclusive pelo envolvimento familiar na confusão. Segundo o Fabrício (vítima), além do Pipo, os outros dois agressores são seus tios Sharles Muniz e Benedito Junior Muniz. No vídeo gravado pelo Fabrício, ele reforça que apenas estes dois (tios) o agrediu. Porém, na delegacia a versão dele foi outra. Em vídeo, ele espalha a informação de que um dos agressores, o filho de Zico Baiato não teve nenhuma participação.

Porém, neste mundo moderno do Android e do Iphone, nada passa despercebido aos olhos, ou às câmeras de um celular. Logo após a agressão, que ocorreu no dia 18 de outubro (domingo), a vítima Fabrício, com medo das agressões, e temendo por sua vida, se refugiou em uma igreja, onde falou para os presentes o que aconteceu. “E o filho do candidato a prefeito, Pipo, me espancou. Eu estava no chão, mano. Pipo me segurou pelo pescoço, eu fiquei sem respirar...” Este é um trecho do vídeo gravado na igreja.

Após a matéria publicada no Liberdade News, a redação do site recebeu esse vídeo, onde ele confessa espontaneamente, inclusive citando apenas o Pipo na agressão. No vídeo anterior gravado por ele, o Fabrício alegou que no dia do registro de ocorrência na delegacia, ele foi orientado por apoiadores do candidato Léo Brito a citar, a destacar que o Pipo lhe agrediu. Mas, no vídeo espontâneo, gravado na igreja, não pareceu que ele foi orientado a acusar ninguém. Ele expressa medo e temor após ser agredido por determinadas pessoas, das quais ele cita.

Não bastasse essa tentativa do jovem agredido de confundir as pessoas, protegendo, ninguém sabe por qual motivo, a pessoa do filho do candidato Zico de Baiato, a própria mãe do Fabrício rechaça a atitude do filho em “mentir”. Segundo ela, era bem melhor que o filho, já que abriu a boca, falasse a verdade do início ao fim. “Para vim para um rede social, tinha que falar do início ao fim, e não meias palavras, de fato, depois do ocorrido. Porque se a verdade tem que aparecer, a verdade tem que ser do início ao fim. Tem que ser justo”.

A mãe afirmou em áudio que o filho falou isso aí (se referido ao vídeo gravado pelo Fabrício), depois que o Zico o procurou em sua casa, na presença da tia do Fabrício, que é candidata a vereadora em Alcobaça. “Eles foram lá conversar com ele, deu um sorrisinho e pronto, esqueceu a agressão. É isso que me revolta, porque eu não estou aqui para defender candidato, não. Estou aqui para defender a verdade. Que a Justiça seja  feita, pois, meu filho poderia estar morto hoje. Foi agressão. Poderia ter sido qualquer outra pessoa, que eu colocaria a boca no trombone sim. Eu fico revoltada, indignada, em vergonhada em ver que as pessoas estão mais preocupadas com um candidato se vai ganhar ou não, do que com uma vida”.

“Estou muito decepcionada, porque eu esperava que meu filho fosse sincero do início ao fim. Falasse a verdade do início ao fim. E não simplesmente falar aquilo que alguns queriam ouvir. É muito fácil, a pessoa tá preocupadinha com o nome, aí vai lá, faz uma coisinha ou outra e a pessoa faz o que foi pedido para poder livrar a barra da pessoa. Não estou aqui para condenar ninguém, mas, para que o que aconteceu com meu filho não se repita com jovem nenhum por causa de porcaria de política”, disse a mãe.

Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

Materia relacionada

https://liberdadenews.com.br/policia/35622-alcobaca-na-delegacia-jovem-diz-ter-sido-agredido-pelo-filho-de-zico-de-baiato-depois-em-video-muda-versao

Homem morre e mulher é baleada em tiroteio no Bairro Caminho do Mar

Teixeira de Freitas: Um intenso tiroteio assustou os moradores da Rua da Jaqueira, no Bairro Caminho do Mar, na tarde deste domingo, 29 de

BR-101 é liberada depois de quase 30 horas de bloqueio

Itapebi: A BR-101 ficou interditada por quase 30 horas, na altura do km 666, no município de Itapebi, extremo sul da Bahia. O bloqueio foi

Casal de irmãos morre em acidente de moto na BA-001 em Trancoso

Porto Seguro: Um casal de irmãos morreu em um acidente envolvendo três motocicletas, por volta das 20h30 de sábado (28), na BA-001, em Trancoso,

Pedreiro é encontrado morto com marcas de espancamento

Eunápolis: O corpo do pedreiro Manoel da Soledade foi encontrado por volta das 5h da madrugada de sábado, dia 28, na Rua João Alexandre Reis, no

Motivação Passional: Tia mata bebê de um mês afogado no distrito

Nova Viçosa: Na madrugada deste sábado, 28 de novembro, policiais militares da 89ª CIPM apresentaram na sede do Plantão Regional em Teixeira de

Dois tiros na cabeça: Entregador de lanche é baleado em tentativa

Teixeira de Freitas: Na noite desta sexta-feira, 27 de novembro, por volta das 20h30, um entregador de lanche foi baleado após uma tentativa de

Homicídio de “Maxixe” pode estar ligado à agiotagem: Polícia

Teixeira de Freitas: Ariosvaldo Novais dos Santos, 54 anos, mais conhecido como "Maxixe", foi assassinado dentro de sua residência no Bairro Vila

Estrangulado: “PH” tinha várias passagens na Polícia e

Teixeira de Freitas: Após a matéria sobre a morte de uma pessoa no Padre José, vídeos do momento em que as três mulheres acusadas de matar

Criminoso invade residência e mata morador a tiros no Bairro Vila

Teixeira de Freitas: A Polícia Militar de Teixeira de Freitas foi acionada por populares para atender a uma ocorrência de disparos de arma de

Homem morre estrangulado por três mulheres em Teixeira: Vítima

Teixeira de Freitas: O homicídio consumado aconteceu, na Rua E, Bloco 53, casa 02, no Residencial Padre José, na noite desta quinta-feira, 26 de

Nossos Apoiadores: